Editorial para Jo.Ful

Inverno chegando e nada melhor pra comemorar o friozinho que espero tanto todos os anos do que fotografar um editorial bacana para uma marca que aposto desde o início. A Jo.Ful (Joana Fulana Fashion Bags) é criação da estilista Vivy la Rocher que além de mesclar seus anos de formação em moda no Brasil com outros anos de vida na Itália, é uma pessoa de uma criatividade ímpar. Desde que conheci a Vivy eu vi nela uma pessoa que não se aventura, mas que sabe o que faz. Estuda realmente a moda e aquilo que cria não fica restrito a tendências imediatas. Vivy cria para fazer diferença e permanecer no mercado. 

Desde a escolha de materiais, alguns deles, de valor inestimável, garimpados em sótãos de antigas “villas” da região da Toscana, até o processo de montagem das peças, há um compromisso com a qualidade e o próprio espírito da marca.

A primeira coleção que eu fotografei para a marca, a escolha do cenário não podia ter sido melhor, já que era verão de 2014. Sob o sol de Paraty, litoral do Rio de Janeiro, as cores daquela coleção encontraram um equilíbrio perfeito.

Para essa coleção, de inverno, que tive a honra de ser convidado novamente, escolhemos uma casa de fazenda de propriedade de uma educadora e artista plástica, que fica no pé da Serra da Mantiqueira, próxima a Campos do Jordão e que possui todo ar de uma Villa na Toscana, propiciando uma atmosfera de inverno Europeu, ainda que estivéssemos bem próximos do Trópico de Capricórnio. A proprietária, que já viajou para vários países, é apaixonada por aquela região da Itália, e na decoração de sua casa, buscou trazer elementos que sempre a faz recordar de suas viagens. Combinação perfeita! Itália com cara de Brasil (ou Brasil com cara de Itália). 

Tecnicamente falando, utilizei como fonte de Luz uma tocha Profoto D1 1000w em F7.2 e uma sombrinha difusora de 60cm na maioria das fotos. Quando foi preciso, utilizei como preenchimento uma outra tocha Profoto D1 1000w, em F4, com um difusor Profoto de 1m80 por 0,30m só para “matar” algumas sombras incômodas.

Quando se trabalha em locações e não em estúdio, muitas vezes alguns detalhes da arquitetura ou mobiliário local acabam interferindo com sombras, criando desafios que precisam ser contornados. Nesse caso em especial, foi fácil, e só uma luz de preenchimento já deu conta do recado. Sendo que na maioria das fotos, só a luz principal já era suficiente.

A câmera foi uma Canon 5D Mark II, carregada de uma poderosa lente 16-35mm F2.8 L (uma das minhas preferidas para moda, pelo seu grande poder de foco e pouca distorção quando utilizada em uma Full Frame).

Pra quem quiser conhecer as belas peças da Jo.Ful, aqui está o endereço de sua fanpage no Facebook: https://www.facebook.com/AtelierJoanaFulanaFashionBags?fref=ts

Lá vocês poderão encontrar também o link para a loja virtual da marca, onde tem mais fotos de nosso editorial.

Using Format